Igreja da Criança

Crianças. Perigo, perigo!

Atenção, pais, e toda a igreja.

Muito o Senhor tem nos mostrado com relação às crianças em nossos dias, e o perigo que elas correm. Acreditamos que em todos os lugares Deus tem falado sobre isso.

Vivemos uma geração que cresce em meio à tecnologia, e os que nascem nesta fase já nascem inteirados da tecnologia e dos conceitos difundidos no mundo virtual, muitas vezes totalmente desprendidos da Palavra de Deus.

Quais são os valores que seu filho tem? Seu discípulo, seu vizinho que é criança?

Quais valores estamos plantando para a próxima geração?

Precisamos pensar em como estará a próxima geração, e o que ela terá de base para servir a Deus.

Muitas crianças aprendem e vêem na escola coisas muito erradas, seja com amigos ou até com professores.

Muitas escolas têm ensinado sobre homossexualismo, dizendo às crianças que elas são livres para escolherem o sexo que quiserem ter. E, seja sincero, você realmente se importa com isso? Qual o peso que você sente com relação a isso?

Muitas vezes não sentimos peso algum, e isto é um grande problema. Deixamos para lá, e isto é errado.

Muitas crianças têm sido abusadas sexualmente, ou até mesmo induzidas a conhecerem o sexo por seus amiguinhos que já conheceram, seja em casa ou na TV.

E o que falar da TV?

Seu filho pode estar em casa, protegido dentro de 4 paredes, mas a TV é uma imensa porta de perversão.

Área sexual – quantas coisas estão inseridas até mesmo nos desenhos infantis, e quantos personagens de desenhos infantis transmitem um estilo homossexual de ser, embora não declarem isso em palavras. “Inspiram” nossos filhos a serem como eles, em diversas características que são contrárias à Palavra e até homossexuais.

Muitos personagens são o simbolismo de espíritos malignos, muitos avatares são a personificação de um demônio em uma de suas formas. Vemos isso muito em desenhos de luta, kung-fu, artes marciais, “sabedoria” (cuidado com os mestres sábios que aconselham os personagens nos desenhos, acredito que estes são os mais perigosos!), desenhos orientais ou até mesmo normais com trejeitos que inspiram as crianças a darem abertura a algo em suas vidas.

Cuidado com os avatares.

Tudo isto está muito sutil. Recentemente ouvimos uma missionária contar que seu filho dizia que seu amiguinho lhe havia dito que ele poderia escolher seu sexo. “Qual amiguinho?” perguntou a mãe missionária. E o filho apontou para o sofá, onde estava o amigo imaginário, que na verdade era um demônio, que, segundo a descrição do filho, a mãe classificou como Zé Pilintra.

Orando sobre isso, ela chegou ao discernimento que aquele demônio havia tido acesso ao seu filho através da TV.

E o que dizer dos jogos?

Os jogos são piores pois a criança não apenas assiste, mas participa, colabora, e entra naquele mundo e até assume personalidades perigosas que são “apadrinhadas” por demônios.

 

Algumas dicas que podemos dar:

1) Ore para que Deus coloque anjos ao lado da TV, computador, video-games e celulares de seus filhos. Que estes anjos bloqueiem todo acesso maligno e até não permitam que programas ruins funcionem. Ore par que Deus envie anjos em qualquer lugar que eles estiverem também, na escola, com amigos, etc, guardando-os. Você não pode estar em todos os lugares com eles, mas O Senhor pode, e os anjos do Senhor acampam ao redor dos que o temem.

2) Não dependa apenas dos anjos. Faça sua parte. Assista com eles, esteja por dentro do que eles assistem, jogam, etc, e ENSINE também o que é errado. Não seja liberar demais, não tenha medo de reprimir seus filhos nem de ser duro demais ao colocar limites.

3)Proporcione atividades que ocupem o tempo deles, para que não fiquem tanto na TV e jogos. Natação, cursos, campeonatos, artes, e até trabalhos sociais. Tudo com sua supervisão, é claro.

4) Unja-os, e ore para que a mente deles seja guardada. Unja quando estiverem dormindo, e acordados também. É bom que eles participem disso.

 

Cuidado! Nossos filhos estão em perigo!

Pode surgir uma geração robótica, ou marionete das mídias, ou melhor, do inimigo através das mídias.

Tome muito cuidado! Deus nos chama a prestar muito mais atenção nisso, e cuidar das crianças, para que não se tornem marionetes da mídia.

Cuidado! Não deixe que suas crianças se tornem marionetes desta perversidade toda que tem se disseminado no mundo.

Nenhuma tag