Gideões da Oração

Oração a sós com Deus

Fonte: gideoes24h.com

Quando Jesus ensinou os seus discípulos a orar, Ele frisou este tipo de oração: quando se está a sós com Deus. Ele disse: “Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará” (Mt 6.6).

Ah, como é bom poder abrir o coração no secreto com quem temos total confiança que nos ouvirá. Como precisamos de um amigo que nos ouça e nos mostre o caminho a seguir…

Quando eu era bem jovem, tendo apenas uns quatro anos de casada, estava morando no interior de Minas. Nossos dois filhos eram ainda bem pequenos e meu esposo trabalhava como médico no único Hospital da cidade. Frequentávamos uma pequena igreja tradicional, servindo ao Senhor com nossos dons, sentindo uma grande alegria nas pequenas tarefas realizadas na igreja e na comunidade.

Certo dia, a esposa do pastor me procurou para pedir aconselhamento quanto ao seu relacionamento conjugal. Eu fiquei muito preocupada, pois não gostaria de participar da vida íntima do casal líder da igreja. Eu me senti desconfortável com o pedido dela e orei ao Senhor, e Deus me deu a direção para aquele momento.

Eu disse à esposa do pastor: “Vamos, sim, conversar sobre o seu lar e seu relacionamento conjugal com seu esposo, mas, antes de conversarmos, gostaria que você fizesse algo, pode ser?”
“Certamente que sim”, ela respondeu.

Então eu lhe disse: “Você vai esperar por um momento em que não tenha pessoa alguma em casa… quando seu esposo sair para alguma visita ou reunião, e sua filha estiver na escola, então você vai pegar uma poltrona bonita da sua sala e levar para o seu quarto. Coloque a poltrona e feche a porta do quarto. Então imagine que Jesus está assentado na poltrona. Você se ajoelha e fala com o Senhor tudo o que desejaria me contar, ok? Se o Senhor Jesus não lhe responder nada sobre o seu assunto, então você me liga e conversaremos, pode ser?”

Ela aceitou o desafio. É claro que estive orando por ela.

Passaram-se uns quinze dias e ela me procurou radiante de alegria. “E, aí, como foi? Seguiu o que te pedi?” Perguntei-lhe.

Sua resposta estava estampada na alegria de seu rosto: “Oh, Angela, que bênção! Como foi bom falar com Jesus! Eu lhe contei tudo o que estava me incomodando e Ele me respondeu. Ele me mostrou que tudo o que eu lhe disse estava apenas na minha cabeça, nada era verdade. Eu estava dando atenção a pensamentos malignos que destruiriam o nosso lar… Mas o Senhor me fez ver a realidade e me trouxe paz e grande alegria. Como foi bom não ter compartilhado com você antes, pois eu poderia passar algo que iria macular o nome de meu esposo sem necessidade. Eu quero te agradecer pelo seu conselho. Farei isso sempre, obrigada”.

Ah, eu estava mais alegre do que ela…
Na verdade, um dos nomes de Jesus é “Conselheiro” (Is 9.6). Nós todos sabemos isto, e até citamos o versículo de cor, mas não usamos esta verdade em nosso cotidiano…

O Senhor Jesus pode nos aconselhar melhor que qualquer pessoa, pois Ele nos conhece e sabe o que é melhor para nós. Ele conhece o nosso passado, o nosso presente e o nosso futuro… Somente Ele sabe sobre o mundo espiritual e as artimanhas do Maligno tentando nos abater e derrotar…

Por isso também o Senhor nos ensina a orar a sós. Ele nos orienta a entrar no quarto, fechar a porta e ter esse momento precioso de desabafo, de rasgar o coração, de derramar lágrimas ardentes e sofridas, de contar-lhes nossas dores e ansiedades. Mas também esse aposento recluso é lugar de adoração e contemplação de sua Face amorosa, de tempo de ensino e deleite em sua doce presença.

Experimente ter diariamente o seu momento a sós com Deus. Experimente fechar a porta do seu quarto e falar com o Senhor, trazendo os céus à terra, recebendo a porção de seu banquete diário para nosso sustento espiritual, absorvendo sua pureza e amor e sendo impregnado do aroma de sua santidade.

Faça isto todos os dias: “… quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará” (Mt 6.6).
Vale a pena orar assim, experimente!

Nenhuma tag