Estudo de Célula

Aprendendo a aprender

“Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido” (2 Tm 3.14)

A Palavra do Senhor fala para permanecermos no que temos aprendido.
Precisamos avaliar, porém, se realmente temos aprendido.

Muitas pessoas hoje não conseguem assimilar a Palavra, a mente vagueia, têm dificuldade em aprender.

Paulo fala de pessoas que aprendem, aprendem, mas nunca conseguem aprender: “Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade” (2 Tm 3.7)

Não podemos ser este tipo de pessoas. Precisamos ansiar que a Palavra faça efeito em nós, e para isto precisamos estar abertos.

Jesus fala sobre os vários tipos de pessoas que recebem a Palavra, como semente em seu coração, em Marcos 4:3-8.
O coração é como a terra que recebe a semente. Porém muitos corações estão duros, como chão pisado. Outros cheios de pedra, e a semente não consegue criar raízes profundas. Outros tem o coração como um solo cheio de espinhos que sufocam a Palavra ao brotar – os espinhos são os cuidados com as coisas do mundo.
Precisamos, porém, ser o tipo de pessoas que tem o coração como uma terra boa, e para a terra ser boa ela precisa ser arada, trabalhada.

Ter uma vida arada, trabalhada, é aceitar a correção de Deus.
Ser trabalhado e “cavucado” por Deus é algo que dói. Muitos são orgulhosos e o ORGULHO impede o agir de agir e nos impede de aprender. Paulo fala que a ALTIVEZ se levanta contra o conhecimento de Deus!

Se, porém, formos humildes, com coração quebrantado e tratável por Deus, estaremos abertos para APRENDER.

Quando você escuta uma Palavra, você consegue enxergar aquela Palavra comparando com sua própria vida?

“Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra” (Sl 119.9)

Nosso caminho precisa ser comparado com a Palavra. Você tem conseguido fazer isso?
Alguns exemplos:

A) Se você ouve alguém falar de REBELDIA – você consegue avaliar se você tem problemas nesta área?
B) Se você ouve alguém falar de PREGUIÇA, você olha pra si?
c) Se você ouve uma pregação sobre JEZABEL – você consegue avaliar se existe isso na sua vida? Você fica “encucado”?
D) Se você ouve falar de pessoas DIFÍCEIS DE SE RELACIONAR – você consegue avaliar se você é assim?

Muitas vezes ouvimos palavras mas nem vemos aquilo em nossa vida.
Precisamos ter o coração aberto para o Senhor falar e tratar todas as áreas.

Esteja aberto para aprender! Tenha um coração humilde!