Estudo de Célula

Humildade

Todo cristão precisa aprender a humildade em sua caminhada na fé.

Vamos usar como base o texto do fariseu e do publicano orando no Templo – Lucas 18:10-14
O fariseu orava em pé se exaltando pelo quanto era bom.
O publicano orava pedindo misericórdia a Deus, nem tinha coragem de olhar para o céu.

O caminho para o agir de Deus em nossas vidas é a humildade – nos humilharmos diante de Deus.

1) Aqueles que tiveram uma vida de pecado no mundo – o que traz mudança é quando entendemos a obra da graça de Deus e nos rendemos a ela. O amor de Deus cobre multidões de pecados – percebemos que não é pelo nosso merecimento mas pela cruz.

2) Aqueles que eram bonzinhos – estes têm mais dificuldade em se humilhar diante de Deus, pois acham que, por terem sempre sido bonzinhos e corretos, a conversão foi “apenas mais um passo”. Mas na verdade, por mais que sejamos bons e corretos, somente a cruz de Cristo nos dá salvação.
Nicodemos era um cumpridor da lei, mas Jesus disse a ele: quem não nascer de novo não pode entrar no Reino dos céus (João 3).

Por isso, a caminhada cristã é um processo de entregarmos tudo a Deus e deixarmos Ele ser o Senhor.

O apóstolo Paulo considerou todo seu conhecimento bom da lei como esterco, diante da glória de Cristo.
O que impede muitos de nós de crescer na fé é o orgulho das nossas qualidades, assim como aquele fariseu.

Mas a Palavra diz que quem saiu justificado diante de Deus foi o publicano, que apenas orava “Senhor, tem misericórdia de mim”.

Deus nos livre de nos tornarmos fariseus que cumprem toda a lei, mas não tem um coração quebrantado.

A porta foi aberta pelo Sangue de Jesus, e não pelas obras de cada um.

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
Não vem das obras, para que ninguém se glorie”
(Efésios 2:8,9)

Precisamos entender isso para não acharmos que dependemos de nós mesmos, e um dia não venhamos cair por depositarmos nossa confiança em nós mesmos.

“Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus” (Sl 20.7)

Humilhe-se diante de Deus!

Nenhuma tag