Ministério de Dança

Como agradar ao Senhor com minha dança?

A Bíblia é clara ao dizer que devemos adorar a Deus de um modo que o agrade. Mas como podemos agrada-lo através da nossa dança? No post “Qual o Propósito do Ministério de dança?” eu falo sobre como fazer da dança uma forma de adoração ao Senhor. E lá também eu aponto a importância de o adorarmos em Espírito e em verdade. Se queremos agradar ao Senhor através de nossos passos e gestos precisamos que estes sejam totalmente voltados para Ele.

Nós que fazemos parte de um ministério devemos ter compromisso com a obra de Deus. Não podemos ministrar na igreja e ao mesmo tempo dançarmos músicas seculares. Mesmo que seja em oculto e as pessoas não vejam, Deus vê! E Ele nos quer por inteiro. Não apenas uma parte de nós, mas todo o nosso coração, nossa alma, nossa mente, nosso tempo, nossa santidade e nossa obediência. Tudo que formos fazer deve ser em total dependência do Senhor, nem sempre a forma que queremos dançar é a mesma que Deus quer que dancemos, portanto devemos estar sensíveis à voz dEle, para fazer o que Ele nos manda fazer.

A diferença entre dançar para o mundo e dançar para Deus está na direção. Quando dançamos focados no Senhor, com total entrega e dependência Dele, estamos direcionando nossa dança a Ele, porém quando Deus não é o foco, a direção passa a ser outros deuses: fama, estrelismo, pessoas, etc., estamos dançando para o mundo, para o diabo.

A Bíblia diz: “O homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração” – 1 Samuel 16:7. Ou seja, quando dançamos as pessoas veem nossos passos e coreografias muitas vezes lindas e exuberantes, mas Deus enxerga além disso, Ele vê a postura de nossos corações. Ele sabe se estamos adorando verdadeiramente ou sendo fingidos. E meus amados, o Senhor odeia a hipocrisia. Se você não estiver com o coração totalmente voltado ao Senhor, não dance, pois Ele não se agrada de falsos adoradores, exibicionistas e hipócritas, Ele busca corações sinceros e verdadeiros, que faça tudo com amor e que represente esse amor por Ele.

A palavra de Deus nos ensina que o nosso corpo é templo do Espírito Santo: “Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que não são de vocês mesmos?” – I Corintios 6:19. Por esse motivo devemos ter muito cuidado com o que vamos fazer com ele. Quando dançamos temos o privilégio de sermos usados pelo próprio Deus, pelo próprio Espírito Santo dono do nosso corpo, por isso quando nossa dança não é direcionada a Deus, ela torna-se oca, vazia.

É necessário entregar-se ao Senhor em verdadeiro louvor, ministrar vidas através de gestos e uma dança santa, evitando expor o corpo, e sendo cauteloso para que os movimentos não reflitam sensualidade e sim adoração. Santidade é o que todos devem buscar. Uma forma de busca-la é através da consagração, que significa separação, a busca pela presença de Deus em oração. É uma forma de estar em comunhão com o Espírito Santo e abster-se do pecado. O Salmos 24:3-4 diz: “Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade…” É assim que devemos nos apresentar diante do Senhor, com as mãos limpas, o coração puro e sem vaidade. Através de orações, jejum, consagração, podemos tocar o coração de Deus e fortalecer nosso espírito rumo a uma luta incessante contra o pecado, só assim alcançaremos a santidade.

O ministro da dança precisa ter cuidado com suas vestes que não devem mostrar o corpo, o correto seria que as roupas utilizadas fossem separadas e guardadas. O grupo precisa levar a sério os ensaios, treinar bastante, emprenhar-se na obra de Deus, dedicar-se, além de buscar estudar juntos a palavra, para que cresçam em entendimento e sabedoria. Confraternizações e projetos fora da igreja também são importantes. Isso mantém o grupo sempre motivado e fortalece a união dos membros.

Outra forma de agradar a Deus é sendo quem você é. Parem de querer copiar de outros grupos, outras pessoas! Se Deus te deu o dom, Ele também te deu a capacidade de criar. Os passos não vem de nós, mas do Espírito Santo. Não estou dizendo que é proibido copiar uma coisinha ou outra de alguma apresentação que você tenha visto, estou falando daqueles ministérios que se sentem incapazes de criar algo para Deus e ficam copiando tudo. Entenda uma coisa: SUA FONTE DE INSPIRAÇÃO DEVE SER O ESPIRITO SANTO E NÃO O YOUTUBE! Se você está com dificuldades para montar suas coreografias ou até mesmo na ministração de dança espontânea é sinal de que algo está errado. Talvez falta oração, ou comunhão com o Espírito Santo, reveja seus conceitos e descubra onde está errando. Peça a direção do Senhor, sempre que for fazer algo e coloque Ele a frente de tudo que for fazer. Escute ideias de todos do grupo, dedique mais tempo a treinos e ensaios. Corrija o que for necessário. E seja humilde, diante do Senhor e das outras pessoas. A humildade também é muito importante para um servo de Deus: “O galardão da humildade é riqueza, honra e vida”. – Pv. 22:4; “Diante da honra vai a humildade.” – Pv 15:33; “E qualquer que entre vós quiser ser o primeiro seja o vosso servo.” – Mt. 20:27.

Líderes, não queiram fazer tudo sozinhos, escute seus liderados, peça sugestões, aceite as críticas, seja humilde. Se empenhe em aprender mais, para ensinar melhor, não guarde seus conhecimentos tudo para você, procure consagrar seus grupos a Deus. Membros, escutem seus líderes, eles foram colocados nesta posição não porque queriam mas porque Deus os escolheu. Obedeça a eles e principalmente a Deus. Evitem as intrigas e fofocas no meio de vocês. O Espírito de Deus não opera na divisão. Sejam unidos, ajudem-se uns aos outros e ajudem seu líder. Orem uns pelos outros, amem uns aos outros e sejam um verdadeiro instrumento divino na vida das pessoas.

A dança precisa ser ministrada buscando levar uma palavra profética de consolo, força, quebrantamento, alegria, salvação… Ela precisa edificar e ser totalmente voltada para o Senhor, porque se o que fizermos não for para Deus então para quem será?

Resumindo, para agradar ao Senhor com sua dança é preciso:
Que seus passos e gestos sejam totalmente voltados para Deus;
Ter compromisso com a obre de Deus;
Estar sensível à voz de Deus;
Entregar-se ao Senhor em verdadeiro louvor;
Tomar cuidado com as vestes, evitando expor o corpo;
Ser quem você é;
Pedir a direção do Senhor sempre que for fazer algo;
Escutar as ideias de todo grupo;
Dedicar mais tempo aos treinos e ensaios;
Ser humilde diante do Senhor e das outras pessoas;
Evitar intrigas e fofocas no grupo, cultivando a união;
Edificar;
Eu espero que você guarde essas dicas em seu coração e comece a colocá-las em prática hoje mesmo.

Vamos orar:
Senhor, eu entro agora na tua presença Pai, e te peco que venha me mostrar o que há em mim que precisa ser mudado. Se tenho feito algo que precise ser corrigido mostre-me, se tenho desagradado o teu coração perdoa-me Senhor. Sou falha, cheia de erros, mas quero me apresentar limpa diante do Senhor, quero ter uma vida em santidade, para poder agradar o teu coração. Me dê humilde, me ensina a ouvir, a obedecer, não somente a ti meu Deus, mas também aos meus líderes. Que haja respeito entre mim e meus colegas, que nosso ministério possa ter como foco agradar ao Senhor. Que nossa adoração seja verdadeira, que nossos passos sejam voltados unica e exclusivamente para Ti. Tira do meu coração todo sentimento ruim, me dê sabedoria e discernimento para que eu possa fazer aquilo que queres que eu faça e que eu ministre uma dança com santidade ao Senhor. Eu oro em nome de Jesus. Amém.

A paz do Senhor amados, fiquem com Deus!!!

Fonte: dancacrista.com

Nenhuma tag