Palavra da Semana

Informativo Profético

Gostaríamos de compartilhar algumas coisas que temos entendido que Deus quer fazer em nosso meio nestes dias….
Vamos separar em alguns tópicos:

DIMENSÕES CELESTIAIS
Existe o natural, depois existe o 2º céu onde acontece a batalha espiritual (onde o principado barrou Gabriel quando este ia trazer a revelação a Daniel), mas depois existe o 3º céu e as dimensões celestiais, onde a Igreja tem experiências com Deus e se reveste de autoridade.
Cremos que Deus quer levar a Igreja a novas dimensões celestiais. Sendo ou não os últimos tempos, a iniquidade está crescendo, e para a Igreja vencer, ela tem que subir. Lembrando que, para subir, é preciso antes descer (morrer para si mesmo e para o mundo).
‘‘E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus’’ (Ef 2.6).

A AUTORIDADE DADA A PEDRO:
‘‘Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;
E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus’’.
Mateus 16:18,19
Na verdade o Senhor deu esta autoridade à Igreja, mas disse à Pedro pois ele seria um grande líder. Jesus deu a ele, e a toda a Igreja, as chaves do Reino dos céus, para ligar e desligar (abrir e fechar portas). As chaves abrem e fecham portas, e estas portas levam a novas dimensões celestiais.

O FALSO PEDRO
As chaves, porém, foram roubadas da Igreja. Onde estão as chaves? Se olharmos para a imagem de São Pedro, ele tem as chaves nas mãos. O símbolo do Vaticano também são as chaves cruzadas (cruzado significa fechado).
Ou seja, o Romanismo roubou as chaves da Igreja, e por isso a Igreja perdeu a vida, e entrou na Idade Média.
Há um tempo atrás muitas pessoas começaram a sonhar e ter visões com um velho, muitas vezes nas nuvens, e em alguns sonhos ele até tinha chaves. Muitos até acharam que este velho era Deus. Mas este velho é São Pedro (na verdade, o demônio que é guardião das dimensões celestiais, e que roubou as chaves da Igreja, e tenta impedir a Igreja de acessar as dimensões celestiais).

A PARCEIRA DE SÃO PEDRO
Existe uma velha que trabalha junto com São Pedro. Esta velha também tem aparecido muito nos sonhos e, muitas vezes, junto com o velho.
Ela é guardiã das regiões inferiores, dos pântanos, prisões subterrâneas, calabouços.
O Rei Davi, que era um adorador que acessava as dimensões celestiais, já se sentiu preso num poço profundo também:
‘‘Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos’’. Salmos 40:2
‘‘Tira-me do lamaçal, e não me deixes atolar; seja eu livre dos que me odeiam, e das profundezas das águas’’. Salmos 69:14
‘‘Atolei-me em profundo lamaçal, onde se não pode estar em pé; entrei na profundeza das águas, onde a corrente me leva’’. Salmos 69:2

Quando São Pedro barra as pessoas nas regiões celestiais, não as deixando entrar nas dimensões, ele manda as pessoas para a velha, que as prende em calabouços. Aí as pessoas começam a ficar paralisadas na fé e adormecidas.

-Esta velha é a que finaliza os avivamentos.
-Esta velha, em cada religião, tem um nome. No catolicismo, por exemplo, ela é Santa Ana (avó de Jesus – Lembrando que Jesus não tem avó. Na verdade, ela é um demônio enganador).
-Esta velha é como uma avó. Ela superprotege e mima as pessoas, especialmente crentes que já tiveram experiência com Deus. Assim como uma avó mima, um crente que passa a se acomodar e ser exigente, rebelde, querendo apenas suas vontades, este crente na verdade está indo para o colo da velha.
Esta velha aprisiona os crentes na fé, mas de uma forma que ELES SE SENTEM BEM – se sentem na casa da avó, acomodados, confortáveis, tendo muito conhecimento das coisas de Deus, bem-estar, mas SEM PODER.

A RAINHA DOS CÉUS
Esta velha faz parte da rainha dos céus. Sabemos que a rainha dos céus é um demônio que se apresenta como mulher, que em todas as culturas e épocas, roubou a adoração devida a Deus.
Sabemos que ela era a deusa Astarote nos tempos bíblicos, a Diana na Grécia, e a Aparecida hoje no Brasil.
Mas na verdade, a Rainha dos Céus são 3 principados: a DONZELA, a MÃE e a ANCIÃ.
Geralmente principados agem assim – são 3 juntos. Não é difícil de entender isso, pois nosso Deus também é assim: PAI, FILHO e ESPÍRITO SANTO. Os demônios copiam isso.
Então, a Rainha dos céus, são 3: a donzela é a virgem, que age na sensualidade e prostituição. A mãe é a “santa” que rouba a adoração e gera a idolatria, traz rebelião e manipulação, e também espírito de Jezabel. E a velha é a paralisadora, que mima os filhos, esfria os avivamentos, traz ORGULHO pelo conhecimento e pelas revelações, e neutraliza o poder.

Como um crente pode estar sob a influência da Rainha dos Céus?
Simples: assim como um filho, quando foge da correção do seu pai, vai para os braços da mãe superprotetora, ou da avó que o mima, da mesma forma um filho de Deus, quando se rebela, não aceita o tratamento de Deus, a correção, ela automaticamente vai para os braços da “mãe” e da “avó”.
‘‘Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho’’ (Hb 12.6)
Por isso, para um avivamento não esfriar, precisamos deixar Deus nos quebrar, pois isso é a poda que nos faz dar MAIS FRUTO AINDA. (João 15.2)
Podemos estar vivendo um mover de Deus, mas para que o mover aumente, temos que ser podados, e muitos fogem nessa hora, se rebelam, falam mal, abrem outros ministérios.

COMO PEGAR AS CHAVES DE VOLTA?
Na verdade, desde que começou a Reforma Protestante, as chaves têm sido restauradas. Mas falta muita coisa ainda.
A verdade é que as chaves são roubadas QUANDO OS FILHOS SE DESVIAM.
-Cada geração que permanece na presença de Deus, tem mais autoridade na Terra.
-Quando uma geração, porém, se desvia de Deus, as chaves que deveriam estar em suas mãos, são dadas pro inimigo.
As chaves dadas à Igreja Primitiva foram roubadas pois uma geração, em vez de continuar o mover, acabou se misturando com o paganismo e se desviando da verdade.
Vemos também vários avivamentos que foram tremendos, especialmente no último século (XX), mas os filhos destas gerações não deram continuidade.
VEJA BEM: muitos até pensaram que estavam dando continuidade, mas estavam vivendo um evangelho frio e fofinho. Desfrutavam do que os pais tinham conquistado, e não lutavam para conquistar MAIS. Se orgulhavam do conhecimento adquirido (pois sempre que há um avivamento, muito conhecimento é revelado à Igreja), se orgulhavam de tudo que tinham conquistado e se acomodavam. Muitos não se desviaram, MAS SE ACOMODARAM, e isso é a estratégia da velha.
Vemos que os filhos do sacerdote Eli se desviaram, e então a ARCA DE DEUS foi roubada de Israel (1 Sm 4)
Portanto, os filhos da Igreja, especialmente os filhos de crentes, não podem ser mimados. Precisam aprender a Verdade, precisam ser tratados, entender sua missão de continuar a unção da geração anterior, se quebrantar, e lutar!
Não podemos ser filhos mimados, mas filhos GUERREIROS.

Eliseu recebeu a unção dobrada de Elias, e com isso fez o dobro. Este é o propósito!

-Jonathas L. Miguel

Nenhuma tag