Palavra da Semana

Mão no arado

“Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus” (Lc 9.62)

Quando lançamos a mão no arado, no trabalho pelo Reino de Deus, não podemos olhar para trás.
Neste texto Jesus diz que aquele que olha pra trás não está apto para o Reino de Deus.
Lembramos da mulher de Ló, que olhou para trás e se tornou uma estátua de sal.

Muitas vezes entramos na caminhada com Deus e começamos a servir a Deus, e olhamos muito para trás. Veja que Jesus não diz “aquele que retrocede”, mas Ele apenas diz “aquele que OLHA PARA TRÁS”. Muitos de nós não retrocedemos, continuamos caminhando no arado, mas olhamos para trás. Aí está um grande problemas que muitas vezes não percebemos.
Quando olhamos para trás, nosso coração fica dividido. Em vez de olharmos para frente onde está o AUTOR E CONSUMADOR DE NOSSA FÉ, e colocarmos todo nosso coração nisso, ficamos com o coração dividido, não estando aptos para o Reino de Deus.
Não lance a mão no arado olhando para trás.

Alguns pontos que nos levam a olhar para trás:

1) NEM TODOS ESTÃO COM A MÃO NO ARADO – talvez mais intensamente hoje em dia, muitos servem a Deus sem precisar arregaçar as mangas e colocar a mão no arado. “Amam a Deus”, simpatizam, falam de Deus, mas não entraram no arado. Então pensamos: “acho que é melhor servir a Deus assim, como eles servem”, e acabamos abrindo mão do arado. Mas será que para Deus é assim também?

2) CANSAÇO – Como Jesus disse, a seara é grande mas poucos os trabalhadores. Muitas vezes nos sentimos desgastados e sobrecarregados. Por isso, não faça além do que o Senhor te chamou para fazer. O importante não é FAZER, nas sim obedecer ao Senhor. Não tente fazer o trabalho de outros, senão você ficará desgastado. Faça o seu, ouça o Senhor, e fazendo isso, com certeza não ficará desgastado, pois o Senhor dá recursos e forças para você realizar o que Ele te enviou para realizar. “Fiel é o que chama, o qual também o fará” (1 Tes 5.24)

3) NÃO SE ENTREGAR TOTALMENTE – talvez algumas áreas de sua vida, alguns “cômodos” de seu interior não tenham sido entregues totalmente ao Senhor. Se for assim, uma hora ou outra eles falarão mais alto, e te pedirão para voltar às velhas práticas. Entregue tudo.

Não retroceda! Mais que isso, não olhe para trás! O Senhor te dá forças!
“Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna”. (João 6.68)

Deus abençõe
-Jonathas L. Miguel

Nenhuma tag