Palavra da Semana

Isolamento

O mau da nossa época é o isolamento. E como o isolamento agrava as loucuras da mente!
Eu acredito que o que cura o ser humano é a comunicação. Conversar e criar conexões. Hoje em dia, porém, o isolamento está crescendo. As pessoas ficam dentro de seus mundos, e com isso as fantasias crescem, os enganos, os labirintos.

“Aquele que se isola busca satisfazer seu próprio desejo; ele se insurge contra toda sabedoria” (Pv 18.1) – vemos que aquele que se isola busca satisfazer seus próprios desejos. Ou seja, é mais uma fortaleza de orgulho, da altivez que Paulo fala naquele texto chave de 2 Corintos 10.
Este texto também fala que quem se isola insurge-se contra toda a sabedoria. Ou seja, perde a noção da realidade.

Ninguém nasceu para viver num mundinho particular. Precisamos comunicar certas coisas e ouvir certas coisas. Isso não é uma regra, é o natural da vida, e é bom. Mas por que temos tido tanta inclinação a nos isolar?

– TRAUMAS – Claro, muitas vezes nos isolamos por que fomos feridos. Não temos mais ânimo ou confiança para nos envolver sem pensar, mesmo que inconscientemente, em tudo que vivemos. Precisamos aprender a ser resilientes e nos levantar, pegar o que sofremos como lição e virar a página. É difícil? É, mas quem aguenta viver para sempre isolado?

– PADRÕES ERRADOS – não queremos falar errado, ter má desenvoltura, ser esquisitos, dançar errado, falar fino demais, falar grosso demais, rir demais, ser sério demais….então acabamos nos isolando. A TV e a internet mostra padrões de desenvoltura que nos fazem querer copiar, mas acabamos nos isolando por que não conseguimos. Então, em nossa mente, parece mais fácil sermos aquilo que queremos ser. Em nosso mundinho particular é mais fácil fantasiar. Porém, quando nos envolvemos com o mundo ao nosso redor, vemos o quanto somos esquisitos! Mas, quer saber? Como é bom ser esquisito sem se importar! TODO MUNDO É ESQUISITO!

– NÃO ME MISTURO COM A GENTALHA – muitos não se misturam pois acham que o resto da humanidade é “gentalha”. Talvez sempre acostumou a conversar só com pessoas selecionadas, ou sempre ouviu seus pais falarem mal de todo mundo…e não conseguem ver os outros como iguais a si. É claro que é difícil admitir isso, mas muitas vezes achamos o resto do mundo uma gentalha, e achamos que somos melhores, mais resolvidos, mais ponderados, mais nobres, e isso também é fantasia.

– NET – Se relacionar pela internet é bem mais fácil, mas não tem calor humano. Todo mundo fala o que pensa, bem mais facilmente pelo whatsapp ou postando nas redes sociais. Mas a vida virtual é boa quando é uma extensão da vida real, e não uma substituição dela.

A verdade é que o isolamento causa depressão, mofo, e distúrbios de realidade. Você pode ler este livro várias vezes, e ler muitos outros sobre a mente, mas você só estará protegido da loucura quando conviver com outros seres humanos. Acredito que a convivência, e não o conhecimento, é a chave para a sanidade. Pois a convivência tem a ver com a prática, e o conhecimento com a teoria. Ambos são importantes, um não vive sem o outro.

MUITOS VÃO DIZER: porém, se um louco começa a se relacionar, muitos vão debochar dele e vão acontecer coisas que vão traumatizá-lo mais ainda.
Aí é que entra novamente a grande chave da libertação da mente: humildade.
O orgulho é o terceiro ponto citado por Paulo, e o mais feroz. Quem é orgulhoso nunca é liberto na mente. Quem, porém, se quebranta e humilha, entende todas as coisas. Se você começar a se relacionar, e sofrer por causa disso, se quebrante mais ainda. Entenda que tudo isso faz parte da convivência e da simplicidade, e que A VIDA É ASSIM.
Por isso é que o conhecimento é indispensável também. Talvez, se você não lesse este livro, voltaria a se isolar logo que se ferisse ao sair do seu mundinho.

LIBERTAÇÃO DO ISOLAMENTO

É difícil libertar-se do isolamento, mas a primeira coisa que uma pessoa precisa fazer é sentir a presença das pessoas. Se ela já começar querendo falar sobre todos os assuntos, pode se ferir bastante.
É preciso sentir a presença de outras pessoas, e ver que elas são mais reais que o mundinho que se levantou em sua mente.
Esteja em um local com várias pessoas, de preferência um local onde não precise falar. Uma palestra, uma apresentação, uma igreja, etc. Aprenda a frequentar lugares assim.
Depois, avance um pouco mais. Esteja em uma roda de pessoas. As pessoas conversando, e você nem precisa conversar. Esteja ali. Não fuja para seu quarto. Esteja ali no meio das pessoas, e se alguém te perguntar algo, responda rapidamente e claramente, sem medo.
Fale sobre como está bom o ambiente, ou o que vai acontecer em seguida.
Depois, participe de algo que faça uma atividade junto de outras pessoas. Um esporte, uma obra social, um curso de bordado, um grupo de intercessão…pois TRABALHANDO JUNTO de pessoas que tem o mesmo interesse que você, você acaba conversando sobre aquele interesse. Isso não vale para o trabalho normal do dia a dia, nem para escola, pois o trabalho e a escola são obrigatórios. Já um hobbie não, pois tem a ver com algo que você GOSTA de fazer, e as outras pessoas também. É VOLUNTÁRIO.
Por fim, experimente chamar uma dessas pessoas pra ir em algum lugar. Podem ir em grupos de 3 ou 4, comer algo ou fazer algo.
Espere bastante para chamar alguém para ir na sua casa, pois é um lugar muito íntimo. Você pode acabar rapidamente com um relacionamento se houver intromissão demais um na vida do outro.

ORAÇÃO:
Senhor, eu te peço perdão por todo isolamento. Tudo que me isolou em um mundo paralelo ou particular, eu te peço que tire de minha mente agora, em nome de Jesus. Eu perdoo todas as pessoas que me feriram ou me fizeram sentir incapaz de me relacionar. Te peço perdão também por todo orgulho e superioridade.. Me proteja dos estilhaços, e agora quebra todos os vidros que me permitem ver as pessoas, mas ficar separado delas. recolha os estilhaços Senhor, em nome de Jesus. Quebro também, em nome de Jesus, todas as paredes de barreira, de culpa, de falta de perdão e intolerância. Renuncio a todo conceito de superioridade e padrões deste mundo que me fizeram rejeitar a mim mesmo e rejeitar aos outros. Destruo também toda TV da minha mente, que me faz assistir as coisas, como expectador, mas sem participar delas. Quebro tudo isso da minha vida, e declaro que quero compartilhar as riquezas que Deus me deu e conhecer as riquezas que o Senhor quer ministrar a mim através dos outros, e recebo na minha vida as bênçãos do relacionamento na vida familiar, profissional, acadêmica, na igreja e ministério, no Reino de Deus e também com as pessoas que o Senhor quer alcançar através de mim, em nome de Jesus!

Deus abençõe,
-Jonathas L. Miguel

Nenhuma tag