Estudo de Célula

Nosso grande amigo

Texto base: Lucas 5.17-25
INTRODUÇÃO
A. Qual foi o último presente que você ganhou?
B. Quais são as pequenas coisas que te deixam realmente feliz

PROPÓSITO
Jesus estava ensinando em uma casa para uma grande multidão, não havia espaço para mais
ninguém. Era impossível chegar até Ele pela porta por causa da multidão de curiosos, críticos e
necessitados. Aqui nós aprendemos que os obstáculos que se encontram no caminho existem para nos
fazer desanimar. Sempre haverá uma “multidão” para nos impedir de chegar até o Senhor Jesus e
receber o que precisamos. A fé que busca o milagre é aquela que não desanima quando posta à prova.
Aqueles homens não desanimaram. Levaram o paralítico até Jesus e nada pôde detê-los. As pessoas à
nossa volta têm muito a nos ensinar. E o que elas nos ensinam pode ser bom ou ruim. Bons exemplos
devem ser imitados. Maus exemplos devem ser evitados.

EXAMINANDO AS ESCRITURAS: LUCAS 5.17-25
A. Segundo o texto, qual foi o objetivo dos amigos do paralítico?
B. Segundo o texto, quais as qualidades desses amigos?
C. O que acontece quando Deus usa outros para se preocuparem conosco (v.19 – 20)?
D. Qual é a importância de convivermos com um amigo(a)?
E. Quais são as atitudes tomadas pelos amigos (v. 19)? Comente.
F. Quais as reações do paralítico após ser curado (v. 24, 25)? Comente.

APLICAÇÃO PARA A NOSSA VIDA:
A. Qual dessas instruções de Deus você tem praticado?
B. Como nós devemos amar os outros?
C. Com quem você tem a maior dificuldade para viver em paz neste momento de sua vida?
D. Quando você tiver um problema, o que deve fazer?

CONCLUSÃO
Que tipo de relação você tem semeado na vida do outro para que seja produzida uma amizade
que seja profunda e verdadeira, principalmente nas horas difíceis? Jesus, o amigo dos amigos, quer
trazer solução ao seu problema tanto de ordem espiritual como existencial, como você vai responder a
essa amizade? Ele quer, como o amigo que é, restaurá-lo completamente, portanto é preciso que você
O deixe entrar em sua vida para comandar todo o contexto de sua existência.

Fonte: Igreja de Cristo / Curitiba – PR

Nenhuma tag