Palavra da Semana

Ambiente celestial

Nós precisamos aprender a andar em um ambiente celestial. Muitas vezes não sabemos como isso é possível, e não entendemos como viver neste mundo corrompido agindo como cidadãos celestiais.

A Palavra diz:
“E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus”
Efésios 2:6

E também:
“Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra”
Colossenses 3:2

Isso tem tudo a ver com nossa mente e a maneira de encarar as coisas. Se você tiver uma mente celestial, a mente de Cristo como Paulo fala, você vai:

-Encarar os problemas como provações de Deus ou meras tentativas do inimigo de te distrair. Se sua mente for celestial,
-Você vai encarar as tentações como oportunidades pra viver numa natureza que não faz mais parte de você, ou seja, vai enxergar isso como muito distante, embora você seja um pecador e possa ser tentado. -Se sua mente for celestial, você vai entender que mesmo que não compreenda, Deus está fazendo algo e quer te ensinar algo com o que está acontecendo.
-Você entenderá que não precisa competir e passar por cima das pessoas pra vencer, pois Deus tem planos reservados para cada indivíduo exclusivamente, então você não precisa roubar os planos de vida de outras pessoas. O inimigo trata as pessoas como uma massa e as leva a atropelarem umas às outras. O Senhor trata cada um como indivíduo e tem planos escritos pra cada um.

A cultura influencia muito na nossa maneira de enxergar o ambiente ao nosso redor. Nós, brasileiros, crescemos em uma cultura idólatra, perversa, mística, pagã. Portanto, quando entregamos nossa vida ao Senhor, passamos a andar contra a cultura, além do óbvio que é andar contra nossa natureza de pecador.

Só para entender melhor, vamos falar dos Estados Unidos. Por muito tempo foi um país com uma cultura praticamente celestial. Foi uma país que se desenvolveu sobre princípios da Palavra, e portanto em alguns pontos para eles foi bem mais fácil entender o reino de Deus, embora atualmente essa realidade tem mudado um pouco, e eles têm se tornado uma nação humanista.

Os judeus, obviamente, foram sempre ensinados na Palavra, nos princípios. Muitas vezes o povo judeu se rebelou e pecou, mas foi repreendido. Faz parte da cultura deles entender os princípios celestiais.

Portanto, para entendermos o que é ser um cidadão do céu, e sentir-se num ambiente celestial, precisamos entender:

1) Nossa natureza humana, e as áreas dela que precisam ser mortificadas ou curadas, para que uma nova mentalidade nos encha.

2) O contexto familiar que crescemos, que pode ter sido depressivo, ou irado, ou maledicente, ou briguento….

3) A cultura que vivemos, e onde crescemos, que pode ter formado nossa mente, com princípios humanistas, ou idólatras, ou perversos, ou com revolta a tudo, ou místico, ou malicioso, etc.

Muitas pessoas, por exemplo, não conseguem sentir a presença de Deus, mas sentem a presença de demônios e morrem de medo deles. Por que? Provavelmente sua cultura sempre foi mística, supersticiosa, e cresceu num contexto que se envolvia com o sobrenatural por outros meios e não pelo Espírito Santo de Deus.

O Senhor quer te levar a pensar como no céu. A sentir a presença dele, amar a presença dEle, e viver num ambiente celestial, independente do que esteja acontecendo ao seu redor!

Deus abençoe!
-Jonathas L Miguel.

Nenhuma tag