Palavra da Semana

Fé e Família

“Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e juízos. Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor; E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição”.
Malaquias 4:4-6

Existem 2 fundamentos que mantém a vida cristã estável e no caminho correto: FÉ E FAMÍLIA.
Estas duas coisas precisam andar juntas e estar bem resolvidas em nossa vida.
Seremos uma sociedade forte e um povo que expressa Deus na Terra quando tivermos fé firme e famílias restauradas.


Nossa fé precisa estar avivada. Fé não é apenas acreditar, pois a Palavra diz que até o diabo acredita e treme diante de Deus. Mas fé é uma vida, é seguir, é praticar.
Nossa fé precisa estar fervorosa e termos uma experiência com a Presença Santa de Deus.
Muitos cristãos se contentam apenas com o raso, observando o rio e vivendo uma vida de teorias na fé, mas isso não poderá sustentá-los. Não podemos nos conformar em sermos apenas bebês na fé, mas precisamos nos alimentar e crescer, alcançar a maturidade, irmos mais profundamente.

Precisamos conhecer as Escrituras e o Poder de Deus. Sem conhecimento das Escrituras cairemos em erros e seremos enganados. Porém também precisamos conhecer o poder de Deus e a experiência com Sua glória, e isso vem apenas através da oração fervorosa.

Nossa oração não poder ser transformar em um momento de meditação e avaliação de sentimentos. Precisa ser uma busca incessante pela presença de Deus e por ouvir Sua voz.

Portanto, fé, no único Filho de Deus e tendo uma experiência com Sua glória, é o primeiro grande fundamento de um povo forte.

Segundo, FAMÍLIA:
A estrutura familiar tem sido muito distorcida e atacada dentro das pessoas.
É muito importante que nossos referenciais e conceitos de família sejam curados.
Isso inclui o que você já viveu no passado com sua família (traumas, referenciais ruins, abandono, distância, superproteção) e o que você deseja viver (formar uma família que seja manancial de Deus nesta Terra).

Muitos já deixaram de sonhar com família, mas Deus quer nos levar a sonhar novamente em ter uma família abençoada.

O inimigo ataca ferozmente a estrutura da família. Hoje, homens casam com homens, mulheres com mulheres. Quem está casado da forma certa está querendo se separar, e quem está solteiro tem medo de se casar, ou não se casa pois tem padrões altos demais, distorcidos, sobre um parceiro ideal.

A estrutura familiar é o que Deus criou para dar estabilidade e segurança ao ser humano. Não há como ter libertação e nem mesmo cura interior, se nossa estrutura de família, dentro de nós, não for curada.

Por isso, uma igreja forte, e avivada, não é aquela que apenas tem moveres de manifestação sobrenatural, mas é, acima de tudo, aquela que tem famílias fortes e restauradas.

Viver em família não é uma vida de contos de fadas. Há divergências, sim, e até brigas, mas isso é que nos torna seres humanos maduros. Quando temos diferenças e apesar delas lutamos para andar juntos.

Sempre precisamos entender a escala de prioridades:
1 – Deus em primeiro lugar
2 – Família
3 – Ministério e vida profissional.
Esta escala não pode ser invertida.

Muitos tem problemas na igreja pois esperam das pessoas da igreja o que só a família pode suprir. Lembre-se: a igreja não substitui a família.

Nossas lembranças e referenciais de família precisam ser curados dentro de nós.
E nosso ventre espiritual precisa ter desejo de gerar e sonhar com família que seja bênção de Deus nesta Terra.

Que o Senhor renove nossa fé, avivando-a, e que vivamos em famílias restauradas e que sejam manancial de Deus nesta Terra!!!

Deus abençõe,
-Jonathas L Miguel

Nenhuma tag