Palavra da Semana

Celebração do Natal

Independente do uso de enfeites, luzes e da troca de presentes no Natal, precisamos lembrar que esta é uma época do ano que sempre celebrou a família, a comunhão, a paz com Deus, a alegria pela salvação e o desfrutar da bondade de Deus

É claro que muitos sempre usam esta data, assim como os outros feriados, apenas para consumismo e para beber muito. Porém, existem alguns pontos que não podemos deixar de observar e praticar, para que a essência sempre esteja conosco. Seguem alguns deles:

1) Ceia em família – aproveite os dias do final de ano, especialmente a véspera de Natal e o dia de Natal para comer com a família. A família são as pessoas mais importantes em nossa vida, e, portanto, aproveite estes momentos com ela.
Mesmo que você não se dê bem com alguém da sua família, ou o relacionamento não seja como você sempre esperou, lembre-se que eles continuam sendo sua família. Honre seus pais, cuide e proteja seu cônjuge, ame seus filhos e dê atenção a eles.
Jesus veio ao mundo, o Filho de Deus, mas escolheu nasceu em uma família. Isso tem um significado muito grande para nós. Família é a estrutura de Deus na Terra.

2) Troque presentes – aproveite a oportunidade para presentear as pessoas que ama. Dar presentes e cartões com mensagens é uma prática que muitos deixam no esquecimento, mas que fazem toda diferença para expressar o quanto alguém é especial para você.
O calor humano é muito especialmente transmitido através de presentes e mensagens escritas. Mesmo que essa não seja sua “linguagem de amor”, invista nisso, pois fortalece demais os relacionamentos e quebra barreiras, de uma forma que você nem imagina.

3) Renove sua fé – lembre-se do motivo pelo qual comemoramos o Natal, trazendo à memória o dia em que o Salvador veio ao mundo, mesmo que não tenhamos certeza se esta é a data. Ele foi o maior presente dado por Deus à humanidade e, sem Ele, não teríamos a eternidade com o Pai. Seja grato por isso, e por todas as dádivas, pois ‘‘Ebenézer; Até aqui nos ajudou o Senhor’’ (1 Samuel 7:12).
A fé, em nosso mundo, até tem sido difundida, porém de forma contaminada. Muitos falam sobre fé, mas é necessário ter fé no Filho de Deus, e segui-lo. Crer é seguir. Por isso, o Natal é a convicção que o Filho de Deus veio ao mundo, se tornou carne, habitou entre nós, e é nosso Salvador.

Deus abençõe,
-Jonathas L. Miguel

Nenhuma tag