Jesus – o Rei da minha Família – parte 3

Publicado em 26/09/2023 - 11h17

“Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Do qual toda a
família nos céus e na terra toma o nome.” (Efésios 3:13-15)
Em uma geração em que vemos tantos súditos querendo ser reis e tantos filhos do Rei se comportando
como súditos, é estarrecedor observar que as posições inverteram e a identidade de filhos do Rei está
corrompida. O que fazer para sermos restaurados e a Igreja voltar a ser Reino para ter autoridade
monárquica? A Bíblia diz: “Eu vi os servos andando a cavalo, e os príncipes andando sobre a pé na
terra como se fossem os servos.” (Eclesiastes 10:7). Assim está a Igreja, andando entristecida, enquanto
o inimigo folga de alegria. Por que? Porque está negociando sua posição de autoridade.
Se nós somos quem dizemos que somos, não podemos deixar que filhos das trevas reinem sobre nós. Na
verdade, quando perdemos nossa posição de príncipes, nos esquivamos da nossa posição de reinar com
legitimidade. A Igreja precisa voltar à sua posição de reinar. Os territórios foram confiados a nós para
governo, por isso não podemos nos omitir dessa chamada.
SOMOS REIS E SACERDOTES
Somos reis e sacerdotes por promessa, e da parte de Jesus Cristo, que é a Fiel Testemunha, o
Primogênito dentre os mortos e o Príncipe dos reis da Terra. “Àquele que nos amou, e em seu sangue
nos lavou dos nossos pecados; E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a Ele seja glória e
poder para todo o sempre. Amém. Eis que vem com as nuvens, (como REI) e todo o olho o verá, até os
mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém. Eu sou o
Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.”
(Apocalipse 1:5-8)
Vamos refletir os dois pontos antagônicos que estamos vivendo: Um é a distância do propósito, outro é
a indiferença para restaurar a monarquia. Se Jesus é o Rei, e de fato Ele é, e nós somos desse reino e não
somos comuns, somos reis e sacerdotes, essa posição precisa ser ocupada, ou abdicaremos dos nossos
direitos do Reino para nos unir àqueles que não têm a mentalidade monárquica. E, claro, vamos perder o
direito de ser homens e mulheres do Reino, onde os príncipes perderão sua posição para que súditos
sejam autoridades sobre nós.
O Senhor quer nos devolver à posição de reinar no território que nos confirmou; somos esses
embaixadores por direito. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já
passaram; eis que tudo se fez novo. E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo
por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; isto é, Deus estava em Cristo reconciliando
consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De
sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da
parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.” (2 Coríntios 5:17-19)
Eu sei que você deseja ter a sua família convertida e todos da sua casa apaixonados por Jesus. Então,
quanto a nós, vamos insistir nesse sacerdócio em que Jesus é o Senhor, Rei da família que dobra os
joelhos diante dEle e clama por soluções e livramentos, consagrando tudo ao Rei. É um presente dos
céus ter a família servindo a Deus e declarando: JESUS É O REI DA MINHA FAMÍLIA. Eu creio
que nossos filhos vão desejar Jesus e nós, como pais, viveremos a maior riqueza que podemos desfrutar
na Terra, que é ver a promessa se cumprindo: “Eis que os filhos são herança do SENHOR, e o fruto do
ventre o seu galardão. Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade.
Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os
seus inimigos à porta.” (Salmos 127:3-5)
Jesus pode ser o Senhor da sua vida e da sua casa. Inclusive, temos dito que Ele será o Rei da sua casa,
porque a sua família terá a visão de monarquia. JESUS, O REI DA MINHA FAMÍLIA é muito mais
do que Jesus ser apenas uma autoridade religiosa na casa, significa que a sua se tornará uma monarquia
com um Rei, uma casa de princípios, um território monárquico com ordens bem estabelecidas. “Saiba,
pois, com certeza toda a CASA de Israel que a esse Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor
(Kirios – Rei) e Cristo.” (Atos 2:36)

Agenda de Eventos

Eventos
15 mar

Encontro com Deus

Próximo Encontro com Deus – inscreva-se e participe dos pré-encontros.

Será sobrenatural!!!

23 mar

Intensivo para Casais

Um dia especial preparado para os casais. Prepare-se!

30 mar

Seminário de Libertação e Cura

Seminário no Núcleo CMB Lascala. Inscreva-se pelo (16) 99309 9438

Ver mais eventos →

Palavra da Semana

Palavra da Semana

5 lições de oração que aprendi com Cristo

A Bíblia apresenta Jesus Cristo como o modelo que todo cristão deve seguir (Efésios 5.1). Não seria diferente…

Leia mais →

Infantil – Espada do Espírito

Revisão da lição anterior: Faça perguntas da última lição dada. Objetivo: Levar as crianças a entenderem que quando…

Leia mais →

Jesus, o Rei da minha Família – 8

“Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Do qual toda…

Leia mais →

Pentecostes parte 2 – infantil

Princípio Bíblico: “E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. E de repente veio…

Leia mais →