Pentecostes parte 2 – infantil

Publicado em 17/05/2023 - 13h46

Princípio Bíblico: “E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. ” Atos 2:1 a 4

Mensagem: Estamos em Pentecostes!
Já conhecemos a origem dessa festa, que está no livro de Êxodo 34:22 e era também conhecida como Festa das Primícias.
No Novo Testamento, vamos encontrar uma Festa de Pentecostes que deixou uma grande multidão muito surpresa. Vamos ver o que tinha acontecido antes daquela festa, que mudou toda a história dos Apóstolos que tinham caminhado com Jesus.
Jesus, certo dia, quando conversava com Seus discípulos, disse que eles não ficariam sozinhos, pois Ele pediria e o Senhor enviaria um Consolador, para ficar sempre com eles para ensiná-los e fazê-los lembrar de tudo que haviam aprendido naqueles dias com Ele (João 14). Jesus, então, morreu na cruz e ressuscitou. Depois de ressuscitar, Jesus ficou alguns dias com Seus discípulos e, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que tinham ouvido d’Ele, pois receberiam ali algo muito especial: o poder do Espírito Santo, que haveria de vir sobre eles; e seriam testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.
E Jesus, então, subiu aos céus.
Depois disso, os Apóstolos permaneceram juntos, e, no dia da Festa de Pentecostes, decidiram celebrar juntos, pois era uma festa que fazia parte da cultura do seu povo. Mas aquela seria uma festa diferente, não só para eles, mas para todos que se encontravam naquele lugar.
Em Atos dos Apóstolos, no capítulo 2, vamos encontrar a narração do que aconteceu: Estavam todos juntos quando, de repente, um barulho, que a Bíblia diz que era como um vento impetuoso, muito forte, veio do céu. Veja bem que não era um vento, mas um som que parecia de vento, e encheu o lugar onde eles estavam, deixando todos espantados. E depois, eles viram algo ainda mais espetacular: algo parecido com línguas de fogo pousou sobre a cabeça de cada um.
Você pode imaginar o susto que as pessoas que estavam ali tomaram? Eles estavam preparados para uma festa e foram surpreendidos com aquele som e aquela imagem que parecia fogo que pousava sobre as suas cabeças. Mas não parou ali.
De repente, algo mais surpreendente aconteceu. Eles foram cheios do Espírito Santo. Lembra da promessa de Jesus, de que eles não ficariam sozinhos e que o Senhor mandaria o Consolador, o Companheiro Fiel, para ajudá-los a continuar a tarefa de serem pescadores de almas? Naquele dia eles foram cheios do Espírito Santo e começou uma santa confusão, pois cada um começou a falar em uma língua diferente. E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa,
porque cada um os ouvia falar na sua própria língua, pois naqueles dias, em Jerusalém, por causa da Festa (lembra que nós vimos que vinham pessoas de todas as cidades vizinhas, para trazer suas ofertas, suas primícias?), havia gente de vários lugares: da Ásia, do Egito, da Mesopotâmia etc.
A Festa de Pentecostes hoje, para nós, tem um motivo diferente. Ela nos lembra da descida do Espírito Santo de Deus sobre os Apóstolos e que esse mesmo Espírito Santo veio para nos encher também e transbordar de nós, se, verdadeiramente, crermos que Ele é capaz de fazer isso.
A experiência com o Espírito Santo naquele dia pode ser resumida em três verbos que nós conhecemos muito bem: OUVIR, VER e FALAR. O som como de um vento foi ouvido, as línguas de fogo foram vistas e eles receberam um dom maravilhoso de falar em outras línguas. Todos ficaram maravilhados com o que viam ali.
Quando o Espírito Santo repousa sobre nós, não é para nós mesmos, mas para que o mundo veja que Ele está em nós e possa, através da nossa vida transformada por Ele, conhecer a Deus.
Você quer um Pentecostes diferente? Você quer ouvir o som do vento impetuoso, quer ver o fogo descendo sobre você e ter a experiência de falar a língua do Espírito? Esse privilégio é para você também! O Espírito Santo foi enviado por Deus para todos, não importa a sua idade. Ele veio para ensinar as crianças, também, para ser Seu amigo fiel, Seu conselheiro, Seu professor, Seu guia.
Vamos! Você tem os céus abertos sobre a sua cabeça. Feche seus olhos e deseje, de todo o coração, mergulhar nesse
Pentecostes. E, certamente, o fogo purificador queimará no seu coração e, quando você abrir a sua boca, o Espírito de Deus se derramará em palavras de vida que trarão um grande impacto a quem o ouvir.
É Pentecostes! Tempo do fogo de Deus em nossas vidas.

Lanche (opcional): Compartilhe um lanche com as crianças. Incentive a cada um estar partilhando o pão a cada semana e com isso semear em seu celeiro.

Agenda de Eventos

Eventos
26 jul

Seminário Trindade

Um final de semana repleto de ensino e ministração sobre a ação do Pai, do Filho e do Espírito em nossas vidas.

26 jul

Seminário Profético

Com Ap. Éder Gregório – em Batatais – informações com Pr. Daniel (16) 99292-8383

Ver mais eventos →

Palavra da Semana

Palavra da Semana

Cura do coração

Nosso coração precisa ser curado pra que tenhamos saúde em diversas áreas de nossas vidas. “Sobre tudo o…

Leia mais →

5 atitudes para a mentalidade do Reino

Textos chave: Mt 6.33 – “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça,…

Leia mais →

Prioridades da vida

Mt 6.33 Ao fazer um planejamento de vida, precisamos fazer uma ordem das prioridades. O que é mais…

Leia mais →

Jesus, o Rei da minha Família

“Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Do qual toda…

Leia mais →